segunda-feira, 27 de junho de 2011

I Trilhos do Gerês - Rescaldo

Domingo, 26 de Junho de 2011.
Mas um fantástico dia de BTT, desta vez na espectacular zona do Gerês. 
Realmente o nosso país tem sítios verdadeiramente fabulosos, esperemos que este "Verão não contribua" para a destruição destas paisagens.  

À hora marcada lá estavam o Paulo, Salada, Zicas, Zé Costa, Carla, Rui, Délio e o Eng. Simões.
Siga para o Gerês que se faz tarde, onde o ponto de partida seria junto às pontes.
Carrinhos estacionados, "binas" verificadas, mochilas à costa e abastecidos de água, lá partimos, eram 8:30h. 
Nem 5 minutos pedalados e paragem para o primeiro reforço, de alguns, à sombra de uma figueira. Que figos magníficos ....
Mais 5 minutos e paragem para o segundo reforço! Ia-se pedalar ou "piquenicar"?!?! Ah!Ah!Ah!Ah!
Por estrada até à ABADIA, e a partir de aqui veio o primeiro teste do dia, com a subida, longa, muito longa e dura, até ao parque de merendas dos "4 Caminhos". As vistas eram fabulosas!
Um certo "menino" a meio desta subida já queria voltar para trás e, não fosse o reboque, talvez voltasse mesmo! Enfim, episódios de um filme já conhecido e sem fim à vista ...
Após queimar algum "ferodo", na primeira descida do dia, chegava-mos ao início desse fantástico lugar chamado GEIRA Romana. 
Que dizer destes 9 kms de Geira "mal amanhada" pelos nossos amigos romanos. Já estou como o João, filho de um Biciatu " Oh Pai, os Romanos nunca acabavam nada !?!?!" 
Que sítio fabuloso para se pedalar.
Com partes muito técnicas, partes rápidas, outras ainda que só à mão, e tudo isto envolto num ambiente fabuloso, sossegado, com vistas magníficas, lugares de sonho, enfim, só visto e vivido. 
Além disso, a Geira, é um local muito divertido e didáctico.
O Délio e o Paulo tiveram direito a um "banho de jatos" provocado pelo ataque de um "romano perdido", que os atacou com pedregulhos. O Zicas viu a sua "bina" raptada e aprendeu a "desmontar cercas romanas", o Délio aprendeu a difícil arte do equilíbrio( a bicicleta não se mexia) , vários ameaços de quedas e a Carla aprendeu a desmultiplicar.
Viva a Geira !
Saídos da Geira, estavamos em Covide, local para procurar um reabastecimento de água e descansar um pouco.
Encontramos um fontanário público, com uma água fresquinha, que ficamos a saber " Quem a beber continua a dar filhos! ..." e que , apesar de ser pública, existe sempre alguém a tentar ganhar uns dinheiritos extra! Teria de correr muito o cromo!
Abastecidos de água, siga em direcção a Vilarinho das Furnas.
Chegados à barragem, e com algumas dúvidas em relação ao percurso a seguir, o Salada desapareceu. (Ainda nos vais dizer qual foi o cogumelo mágico que comeste! Maldita a hora em que o comeste, porque pagaste bem caro por isso.)
Estava decidido o caminho, siga atrás do Salada.
Aqui, o percurso seguia pelos estradões que acompanham a albufeira da barragem, foi sempre a abrir.
Com a albufeira a terminar, começamos a avistar, entre as árvores, deliciosas lagoas.
Era impossível resistir e além disso seria um crime.  Eh!Eh!Eh!
Resultado ... banho.(quem perdeu esta oportunidade perdeu o dia)
Durante 10 minutos aquilo foi nosso!
Coitaditos dos animais que beberem daquela água! Não se admite, sujar aquela água cristalina, fresca e retemperadora. Isso não se faz! Eh!Eh!Eh!
Saidos dos estradões, entramos na estrada que nos levaria à Vila do Gerês.
Aquela subida em asfalto ... menos mal que foi quase toda feita à sombra. (foi nesta subida que o "nosso amigo" perdeu o gás que gastou desnecessariamente nos estradões. Chama-se a isto gestão do esforço ... ao contrário!)
Finalmente a "Casa de Leonte".
A partir daqui foi descer, descer, descer, por aquela estrada sinuosa que nos leva à Vila, sem perder a oportunidade de admirar mais umas belas quedas de água e umas vistas assombrosas sobre a albufeira da Caniçada.
Viva o Gerês!!!
Chegados ao ponto de partida (15:30h), foi hora de restabelecer forças à custa de umas minis e uns bons preguinhos numa bela esplanada sobre a barragem.

Os números:
- 63 kms
- 1300 mt de acumulado
- 32,5º de temperatura média ( a mínima foi de 21º, para uma máxima de 40º)


PS - Ao nosso convidado, Eng. Simões, volte sempre.
PS1 - Os " II Trilhos do Gerês " e os "III Trilhos do Gerês" já estão em preparação, aguardem as datas.
PS2 - João Nuno, já é a segunda! À terceira pagas multa ...
PS3 - Carlos. Muito a sério, tu não te pões em risco só a ti, deixas todo o grupo "pendurado", porque nunca te podemos deixar para trás. Se calhar o problema é esse.
Não te chegam os sustos que já apanhaste, para saberes que tens de comer e de beber com fartura? Se o teu problema é sólidos, leva sólidos para comer. Não há "cafés" no meio do monte!
Sinceramente, tens de ter noção do que precisas para fazer este tipo de percursos. Não me parece que o grupo tenha muita mais paciência para este tipo de "situações" em percursos deste genero. Acorda, SALADIX ...

Cliquem no título para ver a galeria de fotos.

10 comentários:

João Nuno disse...

Caríssimos,

Nem imaginam a pena que tive em não vos acompanhar, mas a família está em primeiro lugar, e com contrariedades de última hora nesse dia, fizeram com que tomasse a melhor decisão por um lado, mas por outro e com muita pena minha não vos pude acompanhar! As pernas até tremiam, e tentei sempre virar o pensamento para outro lado, quando me vinha à cabeça o Gerês (e principalmente vocês que estavam a usufruir dele) onde já tive oportunidade em fazer o mesmo percurso mas com chuva...
Está uma reportagem sem dúvida à maneira, mas contem nos próximos tempos com a minha GOPRO, para registar também em vídeo todos os bons momentos que passamos "em cima delas"!
Deixo-vos um grande abraço, e que a próxima seja breve pois temos que aproveitar o bom tempo.

P.S - Sugiro também, zona da Sra. do Minho - Serra d'Arga, pois conheço lá trilhos excelentes para se andar...

salada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mano Rui disse...

Assim é que é!!!
Com um chefe a elaborar um rescaldo inspirado como este (já vai sendo hábito)não tarda vamos ter bichas de candidatos aos Biciatus...
Gerês II e III para breve!
PS: Já viram o Chefe na "merda"?

Delio disse...

Nunca fomos nem nunca seremos um grupo para "amuos.
Todos temos o Fairplay necessário de perceber o que é brincadeira e o que é sério.
Ninguém se pode queixar de ser deixado para trás ou de ser esquecido.
As críticas feitas dentro do grupo, quando não são brincadeira, devem ser entendidas como construtivas.
Tenho dito!

Delio disse...

Grande dia sem dúvida.
Aguardo mais comentários e impressões.

Zé Costa disse...

De facto podia ter sindo uma jornada espectacular, não fosse termos sido obrigados a assistir ao mesmo filme pela 5ª, 6ª ou 7ª vez (só tinha visto tantas vezes o "musica no coração", mas a Julia Andrews, era linda e cantava muito bem). Um dia mau, uma quebra fisica, uma avaria, a todos nós pode acontecer. Agora sempre que fazemos um passeio mais longo e duro, acontece sempre ao mesmo e sempre pela mesma razão. Ainda por cima por teimosia (não come e não bebe), começa a perder a piada. Ando de bicicleta porque me dá prazer e para ter prazer, não para ter constantes preocupações com o que pode vir a acontecer a uma pessoa que não se prepara minimamente para estes passeios. Sou muito solidário, mas não consigo ter pena. Tenho muito orgulho no grupo e no nosso chefe que demonstra ocupar o lugar certo. BICIATUS....... sempre....., com respeito, alegria e solidariedade.

salada disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Vasco Araujo disse...

Fiquei com agua na boca..
Quando for grande também vou...
Parabens pessoal...

João Nuno disse...

Zé Costa,

Não estive lá para presenciar, mas uma coisa te digo, marcaste-me desde o primeiro minuto em que comecei a pedalar com os Biciatus, desde 2007, salvo erro! Sem dúvida, que és e sempre serás umas mais-valia para todo o grupo. Aliás, todos nós não somos atletas de alta competição e tudo isso acontece aos melhores. Eu falo por mim, tenho imenso prazer quando vais andar connosco pois dás vida e alegria a todo o grupo! Que não sejam umas cãibras ou um cansaço (que pode ser acumulado, atenção a isso), que te deite a baixo! É nas piores alturas que se vêem os verdadeiros campeões.
Vamos para a frente!!! Que venha agora a próxima, e que seja para breve pois fiquei como todos sabem muito triste por não poder ir.
Chefe como é, Serra d'Arga a próxima?

Um grande abraço,
JN

Delio disse...

João,

Envia-me o track para a Serra d'Agra.